27.4.17

Resenha: Surpreendente! - Maurício Gomyde


Resenha:
Pedro é formado e apaixonado por cinema, o que o faz produzir filmes e concorrer a prêmios com os mesmos. Ele é um garoto excêntrico e fascinante, e depois de descobrir que estava prestes a ficar cego, mas que teve a visão estabilizada em 70%, ficou ainda mais feliz e apaixonado pela vida.
Depois de um incidente no restaurante de seu pai, Pedro sai com seu amigo Fit para o barzinho de sempre. Porém, dessa vez é diferente, pois a nova garçonete - Cristal - prende o olhar de Pedro e conquista seu coração com a primeira troca de palavras. E essa noite que tinha tudo para ser cotidiana, vira o início de uma nova história.
Quando uma série de acontecimentos ruins acontecem com o cineasta Pedro, Fit decide reanimar seu melhor amigo com uma viagem sem duração estipulada. Pedro decide então, ir para Pirenópolis, lugar cheio de paisagens magníficas, onde sua avó mora e guarda um segredo que havia prometido lhe contar assim que o garoto estivesse pronto. Como companhia, eles possuem Mayla e Cristal, duas amigas criativas e inteligentes que terão que agir como equipe técnica de um possível filme.
Nessa viagem, com a palavra CHANCE em mente, esses quatro amigos vão vivenciando e gravando cenas que demonstram sentimentos e transmitem emoções que vão além de entendimentos superficiais. O caminho percorrido ensina valiosas lições, mostrando que às vezes, palavras e momentos com pessoas especiais podem ser verdadeiramente memoráveis ou realmente terríveis.

Opinião:
Quando comprei Surpreendente! em uma promoção por apenas R$5,00 não dei valor ao livro e sua história. Contudo, ao começar a ler me apaixonei perdidamente, visto que quando iniciamos a leitura, somos cativados e viramos prisioneiros dessa narrativa brasileira.
Os quatro personagens, apesar de bem diferentes (tanto no emocional, quanto na personalidade), possuem uma ligação entre si que automaticamente nos conecta a eles e, tal conexão é praticamente impossível de não sentir. Nos comovemos tanto com os diálogos e as ações, que praticamente nos tornamos amigos deles também, vivenciando as cenas e nos sentindo praticamente em casa.
A narração é em 3ª pessoa e, apesar de diferente, em momento nenhum se tornou lenta e cansativa. Por ser literatura nacional, o livro retrata bem nossa vida aqui e, para quem mora em SP, vai adorar ver o ponto de vista do escritor (teoricamente) sobre essa cidade maravilhosa. Apesar dos clichês, também não obteve um final piegas, mas sim, literalmente surpreendente.
Também quero ressaltar que Pedro possui uma fé tão grande que nos toca de tão profunda e bela que é, mas fiquem tranquilos, pois como é mencionado diversas vezes no livro, "cada um acredita naquilo que deseja".

Frases:
"A vida real é como o jogo da velha. Quando os jogadores aprendem deus segredos, o resultado sempre da velha."
"Nossa vida é feita de um monte de momentos esquecidos, entremeados por pouquíssimos inesquecíveis. Por que não darmos a nós mesmos o presente de tentar viver um inesquecível?"
"Filmes podem nos revelar muitas surpresas, se olhados da maneira correta."

Vocês já repararam que a maioria das resenhas aqui do blog têm sido quase totalmente azul? Curioso, não é? Mas eu juro que todos os elementos da foto possuem relação com o livro, até mesmo o fundo!
Enfim, espero que vocês não o esqueçam na hora de finalizar a compra e que tenham a oportunidade de ler assim que possível!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

*Seja educado(a) e respeite a todos.
Deixe sua opinião, ela será sempre bem vinda, assim como você ❥