20.11.16

Vestibulendo: Vidas Secas - Graciliano Ramos

Primeiramente quero me desculpar por ter ficado um pouco ausente esse último mês, mas como eu já havia avisado: os temidos vestibulares estavam chegando. E como essa época já está finalizando(obrigada, Deus), eu não podia deixar de colocar mais uma resenha de livros que caem nesses vestibas aqui no blog, contudo já aviso que as fotos utilizadas eu peguei aleatoriamente no Google, pois como o livro era emprestado de uma biblioteca, não tive tempo para fotografá-lo.

(foto/reprodução blog Precisamos Falar Sobre Livros)
Resenha:
Fabiano e sua família miserável de retirantes sertanejos estão presenciando uma das piores secas do nordeste, um marco que os faz perderem seus empregos e terem que caminhar mundo à fora atrás de um novo lugar para recomeçar.
Ao chegar em um lugar que aos olhos de todos parece razoável, eles tomam posse e começam a trabalhar para um patrão que ao ver deles "cobra juros demais", contudo para a família(principalmente para Fabiano) o dom das palavras é algo admirável e por isso, quem não os possui deve ficar calado.
Ao longo do livro muitas histórias vão ocorrendo, histórias que não estão necessariamente em ordem cronológica. Logo o contexto é criado a partir de alguns detalhes, tais como: Fabiano vai a cidade para comprar coisas pedidas por Sinhá Vitória e é convidado por um "soldado amarelo" a jogar e beber em um bar, o que ele só não esperava era que ao sair daquele lugar onde não deveria estar, o tal soldado se irritaria e o faria sofrer consequências por algo não intencionado. Ou por exemplo: quando a hora da famigerada cachorrinha Baleia chega e atitudes não necessárias são tomadas pelo pai de família preocupado com a saúde de todos, Fabiano.
A família inteiramente é simples, portanto até as coisas mais clichês e cotidianas, como uma feira na cidade, provocam neles emoções divergentes de tudo o que sentem. As atitudes que eles tomam, são típicas de sitiantes que se isolam da comunidade, afinal assim que eles acreditam que a seca irá chegar,  por causa dos pássaros que estão bebendo água do rio de seu sítio, eles decidem procurar novamente um outro lugar para habitar e assim, todo o processo se repete.

Resultado de imagem para vidas secas
Opinião:
Como o segundo livro que li para o vestibular, posso dizer que esse é o meu preferido até o momento, pois depois que você começa a ler as histórias, acaba sendo absorvido para o mundo árido em que Fabiano e sua família vivem.
Os personagens, apesar de serem poucos, nos conquistam em cada um dos 13 contos com sua ingenuidade e inocência, o fato de eles acreditarem que o governo é totalmente justo e sabe o que está fazendo, mostra o quão singelo era o nosso país naquela época.
Pelo que eu pude perceber pesquisando um pouco mais sobre o livro, pude encontrar o filme e o quadrinho, assim como O Cortiço. Portanto, não existem desculpas para não conhecer a história dessa família sem palavras e da amável cachorrinha Baleia.
Vidas Secas é um romance publicado em 1938, onde a obra pertence à segunda fase modernista, conhecida como regionalista, e é qualificada como uma das mais bem sucedidas criações da época.

Frases:
"Se aprendesse qualquer coisa, necessitaria aprender mais, e nunca ficaria satisfeito."
"Ordinariamente a família falava pouco. E depois daquele desastre viviam todos calados, raramente soltavam palavras curtas."

Personagens:
Resultado de imagem para vidas secas personagens
Eu realmente espero que vocês tenham gostado e que possam ter criado um pouco mais de força de vontade para lerem esses livros que aparentemente são entediantes. E caso você esteja se perguntando qual a lista que estou utilizando para ler, eu uso a que a Fuvest 2018 publicou para realizarmos o vestibular sabendo sobre qual livro cairá.
Mais uma vez desculpa pela falta de atenção para com o blog, mas prometo voltar com tudo nessas férias. Afinal, dia 25 está chegando e com ele a Black Friday, aproveitem para comprar tudo aquilo que desejam!

2 comentários:

  1. Li esse livro A MUITO tempo atrás, e confesso pra você que na época odiei rs mas a culpa foi da minha juventude imatura. Esse livro é tão importante na nossa literatura, todos, em algum momento, deveriam lê-lo

    Adorei sua resenha <3

    http://pequenamiia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo totalmente hahah, várias amigas minhas não gostaram também!
      Com certeza, é só ler com jeitinho que ele também se torna importante pra gente <3
      Muito obrigada!

      Excluir

*Seja educado(a) e respeite a todos.
Deixe sua opinião, ela será sempre bem vinda, assim como você ❥