27.9.16

Resenha: A Rainha Vermelha - Victoria Aveyard

Resenha:
Mare Barrow cresceu achando que vermelhos eram realmente inferiores aos prateados, pois a vida que eles levavam era totalmente diferente do luxo e conforto que os "deuses" prateados recebiam. Por exemplo: quando completam 18 anos, os jovens são mandados ao exército, o que não é obrigatório para os prateados. Ela passou o tempo todo roubando e se desvencilhando dos problemas que ser um vermelho causa, viveu todos os dia a sombra da sua irmã, que por trabalhar, poderia dar um futuro melhor a família e passou cada minuto com saudade dos 3 irmãos que haviam ido para o exército. Contudo, um dia depois de a Guarda Escarlate fazer seu primeiro ataque e todos os planos de Mare irem por água a baixo, ela conhece um garoto chamado Cal e ele não é simplesmente um garoto vermelho, ele é alguém especial que poderá ajudá-la a ser e fazer algo melhor com sua vida.
O inesperado acontece e novamente muda tudo depois que Mare descobre não ser quem pensava, ela descobre que mesmo vermelha pode ser igual aos tão odiosos prateados. Nesse momento, Mare Barrow precisa se tornar Mareena Titanos, uma prateada perdida supostamente nascida e criada no meio de vermelhos.
Em meio a mentiras, danças, disputas e muita desconfiança e rebeldia, a história da menininha elétrica vai se desenrolando. E agora, em meio a ataques rebeldes, controles mentais e um Novo Mundo, será difícil manter as aparências perante os orgulhosos e poderosos prateados, enquanto ela sabe que existe um povo muito melhor que os prateados e vermelhos juntos.

Opinião:
É clichê e em todas as resenhas geralmente se encontra essa reação, mas as primeiras palavras que eu deveria soltar aqui nesse tópico, seriam inapropriadas, mas realmente muito expressivas! Pois, assim que eu terminei de ler o livro, eu não conseguia pensar em mais nada a não ser no quanto eu havia sido iludida e na quantidade de tempo que eu havia perdido por não ter lido A Rainha Vermelha antes.
"Mas pera aí, como assim iludida?". É simples: quando você começa a confiar em alguém ou começa a querer que algo aconteça, a história tem uma reviravolta inacreditável, fazendo você voltar à estaca zero. Ou seja, você é iludido pelos é junto com os próprios personagens!
A Rainha Vermelha é o livro de lançamento da escritora Victoria Aveyard e é inacreditavelmente maravilhoso para um primeiro livro. A garota, jovem e inexperiente, conseguiu arrancar sentimentos que muitos leitores ainda não haviam experimentado com outros livros. A escrita dela é bem detalhada, mas apenas com os detalhes que serão essenciais na construção da história e dos personagens. Sem falar na criatividade na hora da escolha dos poderes e de como cada ato se desenrolaria.
Por ser uma distopia, é parecido com outros livros, porém não é nada muito relevante e esses aspectos só fortalecem a história. 


Frases:
"Para conhecer alguém você tem que conhecer seus medos."
"Este mundo é tão perigoso quanto belo. Quem não é útil, quem comente erros, pode ser descartado."
"É da nossa natureza destruímos. É a constante da nossa espécie. Não importa a cor do sangue, os homens sempre cairão."
"Uma vez eu lhe disse para esconder seu coração. Você devia ter escutado."

Autor: Victoria Aveyard.
Editora: Seguinte.
Páginas: 424.
Compre online: SaraivaSubmarino.

Estou terrivelmente desesperada para comentar o livro com alguém e infelizmente desconheço quem já tenha lido. Ou seja, minha única esperança são os comentários de vocês! #saveThaísAmaral
Espero que tenham gostado da resenha desse livro cheio de sangue, mas da realeza e que se não leu possa e consiga ler imediatamente! E caso você já tenha lido, por favor entre em contato comigo. Minhas redes sociais estão na barra lateral e eu ficaria muito feliz em comentar a história junto com você!

2 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Nossa estou me sentindo iludida igual a você por ter perdido tempo em não ler esse livro. Confesso que já vi alguns comentários sobre ele, mas nada que tivesse me despertado o interesse, mas quando você falou em reviravoltas algo em mim se acendeu e então não sei se te bato ou se te abraço por aumentar minha lista de livros a ler. kkkk
    Sua resenha ficou ótima e eu amei as fotos que você fez do livro, não vejo a hora de adquirir e iniciar minha leitura pra ver se vou gostar tanto quanto você gostou.
    Ah aproveito pra informar que estou seguindo seu blog como Camila Mondaini e que virei mais vezes aqui pra ver as novidades.
    beijinhos ♥

    https://leiturize-se.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai menina, vem cá, me abraça! Agressão não, senão já estremeço na base hahah.
      Fico muito feliz que você tenha gostado mesmo <3 E depois que você terminar, volte aqui para me contar o que achou, vou adorar saber!
      Muito obrigada, Camila 🖤

      Excluir

*Seja educado(a) e respeite a todos.
Deixe sua opinião, ela será sempre bem vinda, assim como você ❥