2.1.16

2015

No ano que passou muita coisa aconteceu e mudou
Lidei com sentimentos que eu não sabia que existiam
Aprendi e fiz coisas que eu sabia que haviam em algum lugar
Tive o coração despedaçado, mas os retalhos eu colei
Perdi pessoas, perdi momentos, perdi lutas e várias guerras
Mas ganhei coisas que eu sequer imaginei que poderia ganhar ou conquistar.
Foi um ano mais difícil do que eu esperava
Mas foi um ano com vários aprendizados.
Fui mil pessoas diferentes dentro de uma
Fui uma pessoa diferente de mil
Lidei com a dor e lidei com o amor
Que apesar de diferentes, são iguais.
Tentei sentir o que eu não sentia
Tentei não sentir o que eu sentia.
Ajudei pessoas e esqueci de mim
Tentaram me ajudar quando eu as esqueci.
Tenho cicatrizes no corpo e na memória
E elas jamais me deixaram esquecer do ano que passou.
O assustador é saber que nesse novo ano poderá acontecer tudo de novo
Ou eu farei tudo diferente pra não haver repetição
Mas como evitar, quando meus impulsos vão além da minha razão?
Essa é a questão.
Olhe para mim e veja interrogações
Olhe para mim e veja um sorriso.
Porque eu vou olhar para as pessoas e ver o que eu quiser
Sem julgar
Afinal, agora eu também sei que o julgamento precoce dói mais do que se imagina
E eu também sei que infelizmente todos passarão por isso
Na mão de outras pessoas
Ou nas próprias mãos.

3 comentários:

*Seja educado(a) e respeite a todos.
Deixe sua opinião, ela será sempre bem vinda, assim como você ❥